Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior

Scúru Fitchádu, Cachupa Psicadélica e Ana Rita António encontram-se no Quarto Escuro, Panela Quente

Vídeo

Quarto Escuro, Panela Quente é um projeto que reúne três criadores que, em diferentes épocas, atravessaram um dos maiores hubs criativos nacionais por excelência, as Caldas da Rainha. Juntos, propõem para o TBA uma atmosfera de formas opostas que se atraem por via de poesia, violência e de imagens-símbolo. Melodia e bravura que revelam uma destreza na manipulação das formas de psicadelismos e do punk, em intersecção com a morna, coladera e funaná. Cachupa Psicadélica e Scúru Fitchádu são comparsas acima de tudo. E são expoentes representativos da geração dos 1980 cabo-verdiana. Lula’s é mindelense até à medula – foi adolescente num São Vicente com sabor a Seattle, em contramão da virtuosa morna e com uma guitarra elétrica nas mãos. Scúru é afrodescendente criado entre a dicotomia social da distorção anglo-saxónica e as linhas percussivas de África. A partir do seu arquivo mental de referências e vivências, incorpora uma atitude visceral sob uma base Afro-futurista e urbana em catarse. A esta cumplicidade, une-se Ana Rita António, artista visual, com provas dadas dentro e fora de portas, e cujo trabalho oscila entre as artes plásticas e o design num sagaz questionamento da funcionalidade dos objetos. Figura essencial que fecha este triângulo com uma presença visual inspiradora e disruptiva.

 

vídeo: Sara Morais e Pedro Gancho
fotografias: Ana Viotti
música original: Scúru Fitchádu, Cachupa Psicadélica
produção: Teatro do Bairro Alto

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa