Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior

Paula Diogo e Lígia Soares conversam sobre depósito de coisas angariadas que dão forma ao Palácio

Vídeo

Com O Palácio partimos de uma ação de angariação e redistribuição de bens para converter o Teatro do Bairro Alto num espaço de armazenamento temporário – um depósito – e o espetáculo no usufruto desse momento em que as coisas já não são necessárias e ainda não foram reencaminhadas para poderem voltar a ter utilidade. Apesar de oferecermos ao público um espaço atulhado de bens acumulados em casas como sinais de sedentarismo, o espetáculo visa conduzi-lo à errância, convidando-o a vaguear ou a escolher onde descansar. A atenção do público irá, qual respigador em férteis bosques, oscilar entre o detalhe e a paisagem. Tal como quando precisamos de abrir um pacote de bolachas para as comermos uma a uma e depois olhamos esse mar onde o pacote há de ir parar um dia.

 

Interpretação em LGP: Teresa Figueiredo
Vídeo: Sara Morais e Pedro Gancho
Música e Sonoplastia: Diogo Alvim
Produção: Teatro do Bairro Alto

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa