Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior

O vosso lugar é aqui

Vídeo

A temporada 2021-2022 do TBA, o mais jovem teatro municipal da cidade de #Lisboa, está prestes a começar.

 

“Dentro do teatro, encontra-lhe o exterior”, dizia-nos há dois anos Augusto Corrieri numa sala por cima do teatro (estávamos em obras). Nestes últimos meses de 2021, o conjunto de artistas que apresentamos parece ter pegado nesta máxima para a experimentar e pôr à prova, torcendo-a e virando-a do avesso: haverá quem procure o teatro no seu exterior; quem construa um teatro dentro do teatro; quem percorra a linha imaginária entre o dentro e o fora; quem viva no entre-dois e pratique um olhar estrangeirado, olhando de fora para o nosso racismo e colonialismo; quem olhe intimamente para o que se passa dentro do corpo; quem se disperse entre o teatro e a rua, o palco e o digital, o próximo e o distante. Teremos caminhadas e espetáculos site-specific, transmissões de rádio e visitas guiadas, peças para quatro, cinco, trinta e (se as restrições sanitárias o permitirem) 146 pessoas de cada vez. “Este teatro vai ter duas (ou mais) velocidades”, dizíamos nós (também há dois anos). Não estávamos a adivinhar o pára-arranca da pandemia, mas sim a imaginar uma programação que pudesse abrandar (estendendo projetos ao longo do calendário, pontuando-o ou laborando em contínuo) e acelerar (beneficiando das leituras cruzadas que a justaposição de espetáculos pode provocar). Há sinais desta vontade na programação que se segue, mas as velocidades mais evidentes são outras: dos reagendamentos reincidentes às inclusões de última hora, este é um programa em camadas, algumas mais antigas, outras muito recentes. Mal podemos esperar por partilhar convosco (façamos figas) todos estes tempos e espaços sobrepostos.

 

 

vídeo: Sara Morais e Pedro Gancho com a equipa do Teatro do Bairro Alto
imagens de bastidores: Anda, Diana de Diana Niepce e A Nossa Cidade de Teatro da Cidade, Auéééu, Os Possessos/Thornton Wilder
narração: Maria Ana Freitas
gravação e masterização sonora: O Menino Grava
música original: Raquel Pimpão
produção: Teatro do Bairro Alto

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa