Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior

Brochura Janeiro a Março 2021

Materiais Gráficos

Dançar na fronteira

Continuamos a experimentar o intervalo, que pode ser o nome do espaço que nos aproxima e separa, mas é também a fronteira entre um antes e um depois. No início deste ano, o Teatro do Bairro Alto apresenta vários dos espetáculos anulados na primavera passada. Esta é assim a oportunidade para assistir ao embate das ideias antigas com a vida de hoje, quer dizer: à maneira como os projetos adiados se foram deixando transformar pela realidade dos últimos meses, e como nos ajudam a olhá-la e a repensá-la, gerando novas ideias. Agora talvez mais do que nunca, cada espetáculo que estreia é um documentário da nossa vida comum. E uma conquista.

As páginas desta brochura são também elas um projeto que se vai confrontar com a realidade, e esta tem obrigado toda a gente (teatros, artistas e espectadores) a um jogo constante de “descubra as diferenças”: entre o papel e o palco vão certamente abrir-se brechas, outros tantos intervalos (o site, esse, estará atualizado). Esta brochura é um convite e um desafio.

Entretanto, o remetente volta a ser o mesmo: depois das obras nos bastidores e de dois meses no Lux Frágil, o TBA regressa à casa de partida, que não é uma casa e que não é no Bairro Alto. Nos últimos anos esvaziou-se e encheu-se algumas vezes, cumprindo uma singular etiqueta respiratória. Agora é tempo de inspiração.

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa