Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior Anterior
04 Março
Sã Bernardo

TIAAVÔ

12€
Música
Dupla

04 Março

sexta 19h30

Música
Dupla
Preço 12€
Menores de 25 anos: 5€

Sala Principal
Duração 2h

Classificação Etária:

M/6

projeções António Caramelo
contrabaixo Bernardo Alvares
computador Bruno Pereira
voz Inês Campos
piano Luísa Gonçalves
som Luís Severo
bateria João Valinho
produção Teresa Serra Nunes

 

Alerta! Na sequência das medidas de combate à Covid-19, para assistir aos eventos no TBA precisa de apresentar um dos seguintes comprovativos:

• Certificado Digital Covid da EU nas modalidades de Vacinação completa, ou de Testagem com resultado negativo (antigénio nas últimas 48h ou PCR nas últimas 72h) ou de Recuperação (há mais de 11 dias e menos de 180 dias).
• Comprovativo de Vacinação completa (Janssen, AstraZeneca, Moderna ou Pfizer) ou de Recuperação emitidos por países terceiros.
• Comprovativo laboratorial de testagem negativa ao SARS-CoV-2 (antigénio nas últimas 48h ou PCR nas últimas 72h).

Não são admitidos autotestes. Crianças até 12 anos estão dispensadas de apresentação de certificado. Crianças a partir dos 12 anos estão sujeitas às mesmas regras dos adultos.

Condições de acesso
• Haverá medição de temperatura sem registo à entrada do espaço.
• É obrigatório o uso de máscara dentro do edifício antes, durante e depois das sessões
• Desinfete as mãos e adote as medidas de etiqueta respiratória
• Mantenha a distância de segurança e evite o aglomerar de pessoas
• Traga o seu bilhete de casa ou, caso tenha mesmo de comprar o bilhete no TBA, escolha o pagamento contactless por cartão de débito ou MBway.
• Coloque as máscaras e luvas descartáveis nos caixotes de lixo indicados
• Nas entradas e saídas, siga as recomendações da equipa do TBA
• Não é possível alterar o seu lugar após indicação do mesmo pela Frente de Sala.

Comprar
Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes

Surgindo na sequência de inúmeras formações e iniciativas mais ou menos efémeras, TIAAVÔ começa a ganhar forma aquando da colaboração entre Sã Bernardo e Aires. Procuraram exumar uma tradição musical portuguesa com influências do trance da música indiana, mas também do presente da Internet, com toda a sua velocidade e abrangência – minimalismo e maximalismo. Um ruminar, portanto, de fast-food.

Na lógica de música como ferramenta para construir, unir e potenciar comunidade, esta relação familiar esquisita abraça outras almas irmãs neste exercício de construção coletiva. Esta formação conta com gentes de áreas tão diversas como música clássica, pop, jazz e diversos experimentalismos, das artes visuais à performance. Bernardo Alvares, Bruno Pereira, Luísa Gonçalves, Inês Campos, João Valinho, António Caramelo e Luís Severo serão as sete criaturas místicas a ocupar o Teatro como igreja do absurdo. A religião possível no capitalismo avançado.

Comprar
Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa