logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto
arrow-left arrow-left
Sara Anjo e Teresa Silva
Oráculo
07 - 08 Março
Dança
Sara Anjo e Teresa Silva
Oráculo
07 - 08 Março
Dança
Sara Anjo e Teresa Silva
Oráculo
07 - 08 Março
Dança
Sara Anjo e Teresa Silva
Oráculo
07 - 08 Março
Dança
07 - 08 Março
Sara Anjo e Teresa Silva

Oráculo

12€
Dança

07 - 08 Março

sáb 7 março 21h30
dom 8 março 17h30

Dança
Preço 12€
Menores de 25 anos: 5€

Sala Principal

Classificação Etária:

M/6

Direção artística Sara Anjo e Teresa Silva
Criação em colaboração com Ana Maria Silva, Artur Pispalhas, Filipe Pereira e Jean-Baptiste Veyret-Logerias
Gestão administrativa Vítor Alves Brotas | Agência 25
Coprodução Teatro do Bairro Alto em colaboração com Eira/Festival Cumplicidades
Apoio Fundação Calouste Gulbenkian e República Portuguesa-Cultura/Direção-Geral das Artes
Apoio residências O Espaço do Tempo, Estúdios Victor Córdon, O Rumo do Fumo e Pólo Cultural das Gaivotas
Fotografia promocional Joana Linda

Inserido no Festival Cumplicidades 2020

 

 

Comprar
Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes

Pode o corpo ser um oráculo?

Este é um exercício hipotético que, mais do que procurar respostas, escuta, observa, lê, interpreta sinais e símbolos de forma a criar possibilidades. Confronta-nos no presente com o momento da ação e suspende a obsessão pelo futuro.

O escuro do teatro torna-se o meio para iluminar algo menos visível e mais oculto e a experiência teatral pode revelar-se como uma perspectiva real e transformadora. Oráculo lança o convite para juntos praticarmos outras formas de vidência.

Esta é a primeira colaboração das bailarinas e coreógrafas Sara Anjo e Teresa Silva. Sara tem trabalhado em detalhe a ação de respirar e caminhar, desenvolvendo propostas coreográficas que dialogam com uma arquitetura sonora. Realça as suas atuais colaborações com Flora Détraz, Michelle Moura e o Teatro do Silêncio. Teresa destaca as colaborações com Filipe Pereira e Elizabete Francisca, no âmbito da criação, e, como intérprete, com Loïc Touzé. É transversal ao seu trabalho a reflexão sobre o tempo, a relação entre figura e fundo e o diálogo entre a dança e materiais cenográficos.

Comprar
Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes
Eventos Relacionados Eventos Relacionados Eventos Relacionados Eventos Relacionados
Este teatro tem esta newsletter Este teatro tem esta newsletter