Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior Anterior
06 - 15 Dezembro
Alex Cassal

Morrer no Teatro

12€
Teatro
Dupla

06 - 15 Dezembro

6, 7 e 10 dezembro 2019
Sexta, sábado e terça 19h

8 dezembro 2019
Domingo 17h30

11 a 14 dezembro 2019
Quarta a sábado 21h30

15 dezembro 2019
Domingo 20h

8 dezembro 17h30
Sessão com audiodescrição e interpretação em Língua Gestual Portuguesa

Teatro
Dupla
Preço 12€
< 25 anos 5€
Dupla: Turma de 95 9€ + Morrer no Teatro 9€

Palco da Sala Principal
Duração 90 min.

Classificação Etária:

M/14

Texto e encenação Alex Cassal
Interpretação Marco Paiva
Participação especial Andreia Sofia Silva, Beatriz Forjaz, Clara Passarinho, José Marques, Maria Inês Antunes, Mariana do Ó, Marta Lontrão, Nuno Santos e Rafael Luís Fragoso
Desenho de luz Tomás Ribas
Cenário Alex Cassal e Aurora dos Campos
Direção de movimento Márcia Lança
Pesquisa dramatúrgica Joana Frazão
Produção executiva Carlos Alves e Daniela Ribeiro
Produção Má-Criação

Coprodução Maria Matos Teatro Municipal – Temporada 2017-2018
Residências Espaço Alkantara, O Espaço do Tempo, AZALA kreazio espazioa (Espanha) e Centro de Experimentação Artística do Vale da Amoreira
Apoio Culturgest e ESTC − Escola Superior de Teatro e Cinema
Apoio financeiro Fundação GDA − Apoio a Espetáculos de Teatro e Dança e Fundação Calouste Gulbenkian − Apoio à Internacionalização em Teatro
Fotografias de cena Susana Melim
Fotografias de cena em Lisboa Bruno Simão

Um espetáculo que não começa. Um cadáver em cena. Um nevão apocalíptico que irá aprisionar os espectadores no teatro, por muitos e muitos anos. E agora, o que podemos fazer para passar o tempo?

Morrer no Teatro é um quase-monólogo sobre a morte e o teatro. Partindo de uma premissa comum ao imaginário do cinema-catástrofe – um grupo isolado de sobreviventes que têm de construir um novo modelo de sociedade – um ator narra o futuro que nos espera se ficarmos presos aqui, nesta sala de espetáculos. Uma narrativa que costura descrições de velórios, receitas antropofágicas, orgasmos transcendentais e uma fina seleção de excertos da dramaturgia universal.

 

Alex Cassal é um encenador, dramaturgo e ator brasileiro a viver atualmente em Lisboa. Cresceu a ler banda desenhada e a assistir a filmes de ficção científica e isso afetou a sua sensibilidade de forma irremediável. No Brasil, integra o grupo Foguetes Maravilha e em Portugal criou os espetáculos Tornados, As Cidades Invisíveis, Tiranossauro Rex e Ex-Zombies: Uma Conferência.

 

 

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa