Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior Anterior
21 Setembro - 23 Outubro
OSSO Colectivo

Invasor Abstracto #4 – Arquivo

Música
Invasor Abstracto #4 – Osso Colectivo

21 Setembro - 23 Outubro

ter 21 set 07h (lançamento da plataforma online)
Acesso livre em www.invasor-abstracto.pt

Criação Matilde Meireles, Nuno Morão, Nuno Torres, Pedro Tropa, Ricardo Jacinto e Rita Thomaz
Colaboração David Mateus, David Jacinto, Teresa santos, Tiago Abelha e Vasco Pita
Coprodução OSSO e Teatro do Bairro Alto
OSSO é financiado por República Portuguesa – Cultura | Direção-Geral das Artes

 

Invasor Abstracto é a expressão nómada do OSSO Colectivo e surge de um fluxo criativo partilhado em rede entre seis artistas-viajantes.  Nesta ocupação do TBA, o Invasor Abstracto apresentar-se-á enquanto um corpo fragmentado, disperso, sem centro, distribuído por diferentes espaços e momentos.

Um arquivo online, um mapa-cartaz, diversos espaços distantes e circulares, um palco e uma caminhada pelo espectro eletromagnético definirão, numa geografia fluida e multidimensional, o território deste invasor.

Ao longo de cinco semanas, o OSSO Colectivo habitará o TBA e a sua periferia com uma instalação sonora, pontuada por três momentos performativos e acompanhada por um arquivo online. Estes momentos inauguram três episódios da narrativa de ocupação deste Invasor, que articula vários percursos entre quatro pontos geográficos distantes: o TBA (Lisboa), a OSSO (São Gregório, Caldas da Rainha), a paisagem rural de Wiltshire (Reino Unido) e um lugar-arquivo online.

Esta narrativa tem o seu início na eira da OSSO, e será daí que nos propomos viajar na direção destes territórios e, entre eles, estabelecer uma rede comunicante que nos permita transladar ou intersectar sinais sonoros e visuais cuja manifestação constituirá uma mutação simbólica, geométrica e material. Acompanhem o projeto online em www.invasor-abstracto.pt.

 

Abertura ao público do site www.invasor-abstracto.pt, um espaço de arquivo, vivo e dinâmico, que revela e expõe o processo de criação coletivo, que se inicia no período de preparação do Projeto e se estende durante toda a ocupação do Invasor no TBA.
Neste mesmo dia terá lugar um evento audiovisual online com transmissão em direto dos estúdios da OSSO, na Aldeia de São Gregório, Caldas da Rainha.

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa