Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior Anterior
13 - 16 Novembro
Cão Solteiro & André Godinho

Heading Against The Wall

12€
Teatro
TBA no Lux

13 - 16 Novembro

sex 13 novembro 19h
CANCELADA sáb 14 novembro 19h
CANCELADA dom 15 novembro 19h
NOVA DATA seg 16 novembro 19h

Predominantemente em inglês com alguns apontamentos em português. Sem legendagem.
Neste espetáculo, fuma-se em cena e utilizam-se luzes estroboscópicas (strobe), fumo e lasers

STREAMING
Nos dias 13 e 16 novembro, haverá streaming de uma versão do espetáculo nos canais digitais do TBA e Alkantara às 19h
Nos dias 14 e 15 novembro, ficará disponível em diferido a versão de 13 novembro

NOVA DATA SESSÃO ACESSÍVEL
16 novembro
Audiodescrição e interpretação em Língua Gestual Portuguesa.
Para adquirir bilhetes, envie-nos um e-mail para bilheteira@teatrodobairroalto.pt

Teatro
TBA no Lux Alkantara Festival
Preço 12€ / Menores de 25 anos: 5€
1.º Piso do Lux Frágil

Classificação Etária:

M/16

Criação Cão Solteiro & André Godinho
Cenografia Vasco Araújo
Figurinos Mariana Sá Nogueira
Costura Mestra Teresa Louro, Mestra Rosário Balbi
Desenho de som Emídio Buchinho
Desenho de luz Joana Mário
Direção de Cena/Cão Solteiro Noëlle Georg
Direção de Produção e Fotografia Joana Dilão
Produção Mariana Sá Marques
Estúdio de Gravação de Som Estúdio da Maternidade
Atores Cecília Henriques, Greg Wohead, Paula Sá Nogueira
Voz-Off António Gouveia

VERSÃO ONLINE
Realização e Montagem André Godinho
Streaming Bitmood
Captação de Som Emídio Buchinho
Estúdio de Gravação de Som Estúdios Maternidade, Estúdios Namouche
Caderno de Textos Maria Sequeira Mendes, Nuno Fonseca, Pedro Faro e Francisco Frazão
Caderno de Imagens Mariana Sá Nogueira
Estagiária de cenografia Sara Vicente (Mestrado em Teatro/ Escola Superior de Teatro e Cinema)
Estagiárias de teatro Mansy Singh e Sofia Silva (Curso Profissional de Artes do Espectáculo/Escola Básica e Secundária Passos Manuel)
Apoios São Luiz Teatro Municipal | Teatro Praga
Coprodução Cão Solteiro, Teatro do Bairro Alto, Festival Alkantara 2020
Companhia financiada pela República Portuguesa|Cultura, Direcção Geral das Artes e Câmara Municipal de Lisboa.
Agradecimentos Bazar do Vídeo, Equipa do LuxFrágil, Filipe Sambado, Joaquim Montes – Estúdios Namouche, Teatro Praga

Inserido no ALKANTARA FESTIVAL

O Alkantara Festival é um festival internacional de dança, teatro, performance e encontros na cidade de Lisboa.

No Alkantara Festival apresentamos espetáculos e projetos que experimentam formatos, no cruzamento com diferentes práticas artísticas e de conhecimento. No programa do festival participam artistas, de diversas proveniências, que dialogam com questões urgentes nas sociedades contemporâneas. A partir de 2020 o Alkantara Festival passa a acontecer anualmente, em novembro. Cada edição do Alkantara Festival inicia um percurso com encontros e atividades — no Espaço Alkantara — que aprofundam a relação com artistas do festival, as suas práticas e as questões que os seus projetos levantam.

Condições de acesso TBA no Lux

  • O acesso ao Lux Frágil é para M/16
  • Haverá medição de temperatura sem registo, por parte do Porteiro, ao público.
  • É obrigatório o uso de máscara dentro do edifício antes, durante e depois das sessões
  • Desinfete as mãos e adote as medidas de etiqueta respiratória
  • Mantenha uma distância de segurança de 2 metros e evite o aglomerar de pessoas
  • Traga o seu bilhete de casa ou, caso tenha mesmo de comprar o bilhete no Lux Frágil, escolha o pagamento contactless por cartão de débito ou MBway.
  • Coloque as máscaras e luvas descartáveis nos caixotes de lixo indicados
  • Nas entradas e saídas, siga as recomendações da equipa do Teatro e do Lux Frágil
  • Devido às indicações da Direção-Geral de Saúde, não é possível entrar na sala após o início da sessão ou alterar o seu lugar após indicação do mesmo pela Frente de Sala.

Possibly maybe / As much as I definitely enjoy solitude / I wouldn’t mind perhaps / Spending little time with you / Sometimes, sometimes
Uncertainty excites me, babe / Who knows what’s going to happen? / Lottery or car crash / Or you’ll join a cult
Björk, “Possibly maybe” (1996)

 

Partimos sempre de uma impossibilidade, ou então de uma possibilidade a que nos
atiramos logo numa azáfama para tornar impossível.
Trabalhamos sempre em relação direta com o lugar do espetáculo e com as pessoas.
Que fazer pois com o espaço rarefeito em que nos encontramos, dominado por imagens de ausência.
Talvez o que estejamos a ver, neste momento, não seja teatro mas uma ideia de “teatro”, que insistimos em projetar, por meio digital, num espaço indefinível, algures entre o público e o privado.
Talvez seja imprudente aceitar que a proximidade nos garanta qualquer tipo de intimidade.
Heading Against The Wall apresenta-se em duas versões que podem ser vistas em casa ou ao vivo. São dois objetos diferentes, escolha um.
Um documentário sobre nada, quanto mais se descobre menos se sabe.

 

O coletivo Cão Solteiro trabalha com o realizador André Godinho desde 2007 na criação de espetáculos que testam os limites das linguagens teatrais e cinematográficas, tendo apresentado 3 (2007), We All Go A Little Mad Sometimes (2010), Play, The Film (2011), Day For Night (2014), We’re Gonna Be Alright (2017) e Could Be Worse: The Musical (2019).

 

Aceda aqui à folha de sala

 

 

 

 

 

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa