logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto
arrow-left arrow-left
Marta Wengorovius
Dois
28 Fevereiro
Discurso
Um, dois e muitos
Marta Wengorovius
Dois
28 Fevereiro
Discurso
Um, dois e muitos
Marta Wengorovius
Dois
28 Fevereiro
Discurso
Um, dois e muitos
Marta Wengorovius
Dois
28 Fevereiro
Discurso
Um, dois e muitos
28 Fevereiro
Marta Wengorovius

Dois

Entrada livre (sujeita à lotação)
Discurso
Um, dois e muitos

28 Fevereiro

Sex 28 fevereiro 18h30

Preço Entrada livre (sujeita à lotação)
Sala Manuela Porto
Duração 2h

Marta Wengorovius é artista visual e autora da metodologia Um, Dois e Muitos. Esta metodologia baseia-se na intuição de que a génese do movimento parte da acentuação entre o Um (a Singularidade), o Dois (a Cumplicidade), e o Muitos (a Comunidade), e está presente em todas as coisas vivas. Esta dança infinita observa-se no mais pequeno elemento vivo e à grande escala do universo. A consciência deste movimento levou ao seu estudo interdisciplinar.

O que pode significar em todas as coisas vivas o um, o dois e o muitos?

Marta Wengorovius tem vindo a desenvolver desde 2011 uma obra-metodologia a partir desta pergunta que coloca às diferentes áreas do conhecimento.

Acompanhando a programação ao longo de 2020, sob um ponto de vista aparentemente formal – as questões de composição em torno do um, do dois e do muitos – Wengorovius propõe três encontros em que cruza a sua metodologia com as proposta do TBA. O primeiro, já em fevereiro, é dedicado ao Dois, e visita as quatro peças de dança criadas por pares – Sofia Dias e Vítor Roriz; Carolina Campos e João Fiadeiro; Sara Anjo e Teresa Silva e finalmente Jonas e Lander – que neste semestre habitam o teatro.

Seguir-se-á, em maio, o Um, a propósito da apresentação da peça Solo de Teresa Coutinho, e por último o Muitos, já no outono, por ocasião de uma peça de grupo.

Um, Dois e Muitos serão três encontros, três momentos que se completam.

Eventos Relacionados Eventos Relacionados Eventos Relacionados Eventos Relacionados
Este teatro tem esta newsletter Este teatro tem esta newsletter