Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior Anterior
26 - 27 Novembro
Sonya Lindfors

Cosmic Latte

ALKANTARA Festival
Dança
Alkantara Festival 2021

26 - 27 Novembro

26 e 27 novembro
sexta e sábado 19h

Em inglês com legendagem em português
Legendagem para pessoas surdas

Conversa após o espetáculo
Conversa com Sonya Lindfors e Melissa Rodrigues, mediada por Carla Fernandes
26 de novembro
Em inglês e português, com tradução simultânea
Sala Principal

Dança
Alkantara Festival 2021
Preço 14€
< 25 anos 5€

Sala Principal
Duração 75min

Classificação Etária:

M/12

Coreografia e conceito Sonya Lindfors
Grupo de trabalho Deogracias Masomi, Ima Iduozee, Pauliina Sjöberg, Geoffrey Erista, Esete Sutinen e Sonya Lindfors
Elenco em Lisboa Deogracias Masomi, Zen Jefferson, Pauliina Sjöberg, Selma Kauppinen e Sonya Lindfors
Assistentes de coreografia Esete Sutinen, Pauliina Sjöberg
Desenho de luz Erno Aaltonen
Desenho de som Jussi Matikainen
Figurinos Sanna Levo e Pauliina Sjöberg
Produção Zodiak – center for new dance, Sonya Lindfors, UrbanApa
Residências BoraBora, Århus; Schwankhalle, Bremen
Fotografias Uwa Iduozee

Integrado no Alkantara Festival 2021

 

Condições de acesso
• Haverá medição de temperatura sem registo à entrada do espaço. É obrigatório o uso de máscara dentro do edifício antes, durante e depois das sessões
• Desinfete as mãos e adote as medidas de etiqueta respiratória
• Mantenha a distância de segurança e evite o aglomerar de pessoas
• Traga o seu bilhete de casa ou, caso tenha mesmo de comprar o bilhete no TBA, escolha o pagamento contactless por cartão de débito ou MBway.
• Coloque as máscaras e luvas descartáveis nos caixotes de lixo indicados
• Nas entradas e saídas, siga as recomendações da equipa do TBA
• Não é possível alterar o seu lugar após indicação do mesmo pela Frente de Sala.

Sonya Lindfors é coreógrafa e diretora artística da UrbanApa, uma comunidade artística interdisciplinar e contra-hegemónica sediada em Helsínquia. As questões centrais dos seus trabalhos mais recentes são a Negritude e a Alteridade  ̶  corpos negros como agentes políticos, representatividade e práticas oníricas de descolonização.

Cosmic Latte foi o nome atribuído por uma equipa de cientistas da NASA à cor média do Universo. É também um dos trabalhos da coreógrafa Sonya Lindfors dedicados à Negritude. Em Cosmic Latte, Sonya Lindfors questiona como será o futuro utópico, depois do confronto e da rutura das estruturas atuais. Num momento em que negro e branco não estão em lados opostos, mas sim contidos um no outro. Um futuro em que as fronteiras são menos pronunciadas e os significados se misturam, como elementos líquidos. Cosmic Latte encontra na ideia de Afrofuturismo o enquadramento que dá origem ao seu sonho radical. Inicialmente utilizado no contexto da ficção científica, o Afrofuturismo definiu, recriou e projetou no futuro a ideia de Negritude e de Identidade Negra. Antevê-se um lugar de liberdade e igualdade onde passado, presente e futuro se reúnem, numa zona mística, livre de limites e fronteiras.

 

Cliquem aqui para ler Sonya Lindfors em entrevista (em inglês)

 

 

 

 

 

 

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa