Saltar para conteudo
Visitar TBA
Anterior Anterior
11 - 11 Setembro
Teatro do Silêncio

Caminhada pela Fronteira de Lisboa

Preço único por caminhada 3€
Artes Performativas

11 - 11 Setembro

11, 25 setembro e 2, 16 outubro
sábados 10h

ESGOTADA
11 setembro 10h
Prazo limite de inscrição 2 set
Percurso: Algés – Pontinha
Distância: 11 km
Duração: 5 horas aprox.
Dificuldade: Fácil

ESGOTADA
25 setembro 10h
Prazo limite de inscrição 16 set
Percurso: Pontinha – Charneca do Lumiar
Distância: 9 km
Duração: 5 horas aprox.
Dificuldade: Moderada

ESGOTADA
2 outubro 10h
Prazo limite de inscrição 23 set
Percurso: Prior Velho – Terreiro do Paço
Distância: 13 km
Duração: 5 horas aprox.
Dificuldade: Fácil

ESGOTADA
16 outubro 10h
Prazo limite de inscrição 7 out
Percurso: Terreiro do Paço – Algés
Distância: 10 Km
Duração: 5 horas aprox.
Dificuldade: Fácil

Pede-se ao público que traga calçado e roupa confortável; chapéu e protetor solar; água e lanche ligeiro

Artes Performativas
Preço Preço único por caminhada 3€
Pedimos atenção aos prazos limite de inscrição para cada uma das caminhadas
Vários locais
Duração 5h

Classificação Etária:

M/16

Mediação Maria Gil com Clara Marchana (11 set), Catarina Câmara e Pedro Santos (25 Set), Susana Guardado (2 out) e Joana Pupo (16 out)
Assistência à produção Sabrina Santos
Apoio à mediação (25 set) Pedro Santos
Produção Teatro do Silêncio
O Teatro do Silêncio é uma estrutura financiada por República Portuguesa – Cultura | Direção-Geral das Artes e pela Junta de Freguesia de Carnide

Condições de acesso
• É obrigatório o uso de máscara durante a caminhada, até informação em contrário.
• Desinfete as mãos e adote as medidas de etiqueta respiratória.
• Mantenha uma distância de segurança de 2 metros e evite o aglomerar de pessoas.
• Traga o seu bilhete de casa.
• Coloque as máscaras e outros equipamentos de proteção descartáveis nos caixotes de lixo indicados.

Esta caminhada pretende tornar visíveis algumas das fronteiras físicas e políticas que delimitam a cidade de Lisboa. As fronteiras serão reveladas à medida que caminhamos e mergulhamos no território. Serão realizadas provocações artísticas que se focam nos processos de formação, alteração e gestão das fronteiras por parte das comunidades e agentes de poder. O corpo será a ferramenta metodológica indispensável para estas quatro caminhadas: Algés-Pontinha; Pontinha-Charneca do Lumiar; Prior Velho-Terreiro do Paço; Terreiro do Paço-Algés.

O Teatro do Silêncio é uma estrutura de criação dirigida por Maria Gil e Miguel Bonneville que desenvolve projetos assentes na pesquisa e na experimentação.

Este teatro tem esta newsletter
Fechar Pesquisa