logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto Teatro do Bairro Alto
arrow-left arrow-left
Florentina Holzinger
Apollon
19 - 20 Dezembro
Dança
Florentina Holzinger
Apollon
19 - 20 Dezembro
Dança
Florentina Holzinger
Apollon
19 - 20 Dezembro
Dança
Florentina Holzinger
Apollon
19 - 20 Dezembro
Dança
19 - 20 Dezembro
Florentina Holzinger

Apollon

Dança

19 - 20 Dezembro

Quinta e sexta-feira 21h30

O espetáculo contém algumas cenas que representam ferimentos autoinfligidos.
Em inglês com legendagem em português

Dança
Preço 12€
< 25 anos: 5€

Sala Principal
Duração 90 min.

Classificação Etária:

M/18

Criação Florentina Holzinger

Com Renée Copraij, Evelyn Frantti, Florentina Holzinger, Annina Lara, Maria Machaz, Xana Novais, Maria Netti Nüganen e Stephan Schneider

Desenho de som Stephan Schneider

Dramaturgia Sara Ostertag e Michele Rizzo

Cenografia Nikola Knežević

Treino físico Btissame Amadour

Aconselhamento Manu Scheiwiller e Fernando Belfiore

Técnica Bram Geldhof, Anne Meeussen e Maarten Van Trigt

Produção CAMPO

Coprodução Frascati Producties, La Bâtie – Festival de Genève, steirischer herbst, Münchner Kammerspiele, Sophiensaele, Mousonturm com o apoio de MA7 – Kulturabteilung der Stadt Wien

Apoio à apresentação em Lisboa Embaixada da Áustria

embaixada-austria

“Pussy Riot meets the Power Rangers.”
De Morgen

Comprar
Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes

Como é que circo e ballet caminham lado a lado? Florentina Holzinger responde a esta questão com virtuosismo físico e uma busca provocadora pela mulher perfeita. Em Apollon, a coreógrafa austríaca, juntamente com um elenco integralmente feminino, reinterpreta o ballet Apollon Musagète de George Balanchine, uma história patriarcal sobre o deus Apolo, que, nesta versão, é removido do seu trono com um sorriso no rosto. Holzinger usa esta peça neoclássica como ponto de partida para uma exploração impiedosa − tanto para o público quanto para as artistas − do voyeurismo, do culto do corpo, do sexismo e do génio artístico. Com uma estética que combina o freakshow e a live art dos anos 1960, Apollon oferece uma nova perspetiva sobre o fosso entre alta cultura e entretenimento popular.

Florentina Holzinger explora no seu trabalho os diferentes modos de representação feminina e questiona as normas estabelecidas da fisicalidade da mulher. Os seus espetáculos são intensamente físicos e celebram a expressão plena da resistência e da força da vida: criativa, sexual, física e humorística.

Comprar
Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes Bilhetes
Eventos Relacionados Eventos Relacionados Eventos Relacionados Eventos Relacionados
Newsletter Newsletter Newsletter Newsletter